Grupo Ageas investe em fundo para apoiar startups

No âmbito da estratégia Connect 21 e com foco na inovação e impacto social, o Grupo Ageas Portugal é agora um dos principais investidores no primeiro fundo de capital de risco em Portugal - Mustard Seed MAZE.

Alinhado com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidades (ODSNU), o fundo foi criado – em exclusivo - para startups tecnológicas que se dedicam a responder aos principais desafios sociais e ambientais.

Ao nosso lado, no apoio às startups que fazem parte do fundo, encontramos investidores como a Fundação Gulbenkian, o BMW Group ou Atlântico Europa - no total, são 26 investidores de 10 países.

A relação com este grupo de investidores permite-nos criar impacto social de forma estruturada e inovadora, não só por ter o apoio da União Europeia, mas por tirar partido da conjuntura atual que vive com os olhos postos em iniciativas focadas no bem-estar da Sociedade e no impacto social.

O facto de nos associarmos a outras empresas – com os restantes investidores do fundo – revela como as preocupações sociais e ambientais conseguem ser transversais aos diferentes setores de mercado.

Sendo a Sociedade um dos mais recentes Stakeholders da nossa estratégia, queremos verdadeiramente contribuir com ações que possam beneficiar a comunidade - exemplo disso é a adoção de 10 dos 17 ODSNU, que adotámos com o compromisso de procurar e promover soluções inovadoras e ágeis, que conseguiremos encontrar através de startups. Desta forma, o fundo pode ser visto como uma parceria para cumprimento dos ODSNU.

As startups selecionadas podem trazer oportunidades no âmbito dos seguros, como uma maior diversificação na oferta de produtos e serviços - aliando a ideia de existirmos além dos seguros e a tendência da sustentabilidade.

A inovação é um vetor importante para a nossa adaptação aos novos desafios e oportunidades, criando impacto nas e através das nossas unidades de negócio.

Partilhe esta notícia

Achou o conteúdo desta notícia útil?