Prémio Revelação Ageas Teatro Nacional D. Maria II

O Teatro Nacional D. Maria II e o Grupo Ageas Portugal apresentaram este sábado, dia 14 de setembro, no Salão Nobre Ageas, a primeira edição do Prémio Revelação Ageas Teatro Nacional D. Maria II.

O Grupo Ageas Portugal continua a apostar na Cultura e nas Artes como um eixo estratégico de posicionamento, aliando objetivos de notoriedade a um forte contributo para o desenvolvimento da sociedade. Foi neste sentido que, no passado dia 21 de maio, foi anunciada uma parceria a três anos com o Teatro Nacional D. Maria II, com o objetivo de fortalecer o serviço público de cultura prestado pelo Teatro. Entre os projetos contemplados por esta parceria estão a Rede Eunice Ageas e o Prémio Revelação Ageas Teatro Nacional D. Maria II. Este último pretende reconhecer e promover os talentos emergentes no panorama teatral, motivando os jovens a desenvolverem o seu percurso profissional neste setor.

O Prémio, no valor de 5000 €, será atribuído a um profissional de teatro, que tenha até 30 anos de idade (completos até 31 de dezembro de 2019), e cujo trabalho artístico se tenha destacado no ano de 2019. O vencedor, eleito por um júri composto por 15 representantes do meio artístico e cultural português, será anunciado no próximo Dia Mundial do Teatro, a 27 de março de 2020.

Para Inês Simões, Diretora Comunicação Corporativa e Marca do Grupo Ageas Portugal «Este prémio é mais um passo do Grupo Ageas Portugal no incentivo do trabalho artístico, neste caso, no âmbito teatral. É também uma das muitas iniciativas do Grupo Ageas Portugal no apoio a jovens talentos, que noutros projetos estendemos a áreas tão variadas como as artes, a literacia, projetos sociais ou mesmo na área do desporto.»

Segundo Tiago Rodrigues, Diretor Artístico do Teatro Nacional D. Maria II, «É de extrema importância a criação de um Prémio anual, atribuído por um júri de pares, que dá expressão ao modo como a comunidade teatral portuguesa valoriza os jovens criadores.»

O júri do Prémio Revelação Ageas Teatro Nacional D. Maria II é constituído por quinze profissionais, representativos de diversas áreas associadas ao meio artístico e cultural português: Albano Jerónimo, Álvaro Correia, Beatriz Batarda, Carlos Avilez, Catarina Barros, Cristina Carvalhal, Inês Barahona, John Romão, José António Tenente, Marta Carreiras, Mónica Garnel, Nuno Cardoso, Pedro Gil, Rui Horta e Rui Pina Coelho.

Na avaliação dos artistas selecionados serão tidos em conta os seguintes critérios:

  • Qualidade da sua prestação artística no ano a que se refere o prémio;
  • Contributo da sua prestação artística para o desenvolvimento e fortalecimento da área teatral;
  • Capacidade de crescimento e valorização da sua carreira, nacional e internacionalmente;
  • Introdução de elementos de inovação ou diferenciação na sua prática profissional.

Partilhe esta notícia

Achou o conteúdo desta notícia útil?