Fundação Ageas de alma e coração pela Sociedade

O Grupo Ageas Portugal incorpora a Sociedade na sua estratégia, assumindo um compromisso com o desenvolvimento económico e social. É neste contexto, que a Fundação Ageas visa a prossecução de fins de solidariedade social na comunidade. Nos últimos meses, estes foram três dos projetos em ação.

Mais de 190 anos de experiência internacional e quase 20 no mercado português permitem que o Grupo Ageas Portugal conheça bem o seu papel na sociedade e no mundo. Através da Fundação Ageas, uma IPSS que opera desde 1998 em Portugal, este grupo segurador concretiza a sua atividade em prol de comunidades mais inclusivas e resilientes. Para isso, aposta em parcerias de longo prazo e elegeu 3 eixos principais: voluntariado corporativo, empreendedorismo e inovação social e parcerias com impacto social sustentável. Apresentamos-lhe três dos projetos apoiados pela Fundação para melhorar vidas e a sociedade.

 

Combate ao desperdício alimentar

É em nossas casas que se desperdiça cerca de 40% da comida. Este é um dos dados mais interpeladores da Estratégia Nacional de Combate ao Desperdício Alimentar, uma das grandes preocupações mundiais. Concertando esforços neste combate, a Fundação Ageas e a Fundação de Assistência Médica Internacional (AMI) lançaram, no último Dia Mundial da Alimentação (19 de outubro), a parceria #agirsemdesperdícioalimentar. Esta hashtag — que ao ser escrita num motor de pesquisa de internet ou numa rede social traz à luz todos os conteúdos sobre o assunto — serve para manter o tema em destaque. No entanto, esta iniciativa faz muito mais do que chamar a atenção.

 

Inserido no Programa de Educação Alimentar para Famílias Carenciadas do Centro Porta Amiga da AMI, o projeto inclui a realização de workshops — em parceria com a Vitamimos — sobre alimentação saudável sem desperdício e também pretende promover a preparação de refeições económicas, saudáveis e completas; estimular hábitos saudáveis — com estímulo para uma alimentação adequada à diabetes e à hipertensão arterial —; ajudar a criar hábitos de poupança, além de sensibilizar para a importância do planeamento de refeições no sentido do reaproveitamento e da boa conservação dos alimentos. Alinhada com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) para 2030, a iniciativa

 

#agirsemdesperdícioalimentar merece também o seu apoio: Que tal dar-lhe agora mais visibilidade nas suas redes sociais?

Idosos com mobilidade divertida

Os idosos também têm direito a sentir o seu cabelo ao vento. É assim que pensa o Movimento Pedalar sem Idade (Cycling Without Age). Pondo em prática esta ideia, trouxe para Portugal — com o financiamento da Fundação Ageas — os Trishaw, bicicletas adaptadas que permitem transformar a mobilidade reduzida em mobilidade... divertida.

Os Trishaw são triciclos pedalados por voluntários, nos quais qualquer pessoa pode sentar-se confortavelmente e usufruir da sensação de um passeio de bicicleta. Já pensou o que isto pode significar na vida de quem habitualmente está entre paredes e tem poucas oportunidades de sentir o sol e o vento? A verdade é que a Fundação Ageas compreendeu imediatamente o impacto destes equipamentos no estilo de vida dos idosos: inclusão, bem-estar, felicidade e ainda a oportunidade de conhecer pessoas novas, entre as quais os seus voluntários que se disponibilizaram a pedalar. Os passeios são gratuitos e podem durar de 30 a 60 minutos.

Uma semana 100% solidária

O lançamento dos Trishaw aconteceu durante a 2.ª Semana da Solidariedade que a Fundação realizou em setembro. O evento contou com várias atividades, como lanches solidários, workshops e visitas de estudo, pretendendo sensibilizar para a relevância da colaboração, ao mobilizar e inspirar as pessoas para fazer a diferença. Com ligação a todo este movimento, a implementação dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável e a criação de mais impacto nas comunidades ganha um destaque especial. E merece relevo o apoio da Fundação ao projeto de Unidades Móveis de Apoio ao Domicílio da Fundação do Gil (apoio a crianças em risco social ou clínico) e que permitiu a aquisição de duas novas unidades móveis para Lisboa e que dão suporte aos Hospitais Santa Maria, Dona Estefânia e Fernando da Fonseca.

Trabalhar por dentro e por fora

Sendo uma organização corporativa, a Fundação Ageas envolve os Colaboradores das empresas do Grupo em ações de voluntariado e procura que todos os seus parceiros se reúnam pelo sucesso de cada iniciativa. Desta forma, junta pessoas de todos os quadrantes num serviço estruturado e sustentável que transforma vidas e corações. E que faz do bem uma prática a todos os níveis.

Partilhe esta notícia

Achou o conteúdo desta notícia útil?