Colaboradores Ageas produzem máscaras comunitárias

O Grupo Ageas Portugal (conhecido pelas marcas seguradoras Ageas Pensões, Ageas Seguros, Médis, Ocidental e Seguro Directo) e a Fundação Ageas iniciaram a produção de máscaras não-cirúrgicas, comunitárias, ou de uso social para cuidadores formais e informais de organizações sociais.

Com o apoio da Associação de Hotelaria de Portugal, para oferta do tecido, e com a Casa Felizardo, para a entrega das máquinas de costura, os colaboradores e seus familiares que abraçaram o projeto, receberam nas suas casas um kit com o material necessário, as instruções de costura e recomendações de higiene e segurança.

As duas primeiras semanas de produção contam com cerca de 2 000 máscaras produzidas, que serão entregues em sete instituições parceiras da Fundação Ageas, de Norte a Sul do país.

Katrien Buys, Diretora de Estratégia, Inovação e Sustentabilidade do Grupo Ageas Portugal refere «Esta é a prova que qualquer um de nós pode ser uma agente de mudança. Com alguma curiosidade e coragem, a vontade de aprender coisas novas pode também contribuir para um mundo melhor. O nosso tempo em casa, durante este período não tem sido em vão e no Grupo Ageas Portugal temos aproveitado para aprender novas competências que vão além do nosso trabalho no dia-a-dia e que vão ter um impacto positivo na sociedade.»

O objetivo é que os voluntários continuam a criar mais máscaras nas próximas semanas para poder beneficiar mais instituições.

Partilhe esta notícia

Achou o conteúdo desta notícia útil?