Guia Grupo Ageas Portugal: Prevenção e Proteção de Incêndios

14.07.2022

Lisboa, 14 de julho de 2022

Todos os anos Portugal é devastado por incêndios de norte a sul, que muitas vezes são evitáveis. Segundo dados de 2018, 74% dos incêndios tiveram origem em mão-humana, sendo que 53% são relativos à utilização negligente do fogo, como utilização de maquinaria, queimadas, foguetes, cigarros, entre outros fatores. O Grupo Ageas Portugal, através das suas marcas Ageas Seguros e Ocidental, atento a esta realidade, tem estado a implementar medidas que pretendem garantir uma maior proteção dos seus Clientes face a estas situações.

“O mais importante para nós, enquanto Grupo Segurador, é a proteção dos nossos Clientes”, diz José Gomes da Comissão Executiva do Grupo Ageas Portugal. Nesse sentido, acrescenta o responsável, “temos tomado algumas medidas fundamentais para dar resposta imediata às múltiplas ocorrências que se registam nesta época sensível, como é o caso de termos colocado no terreno um gabinete técnico de peritagens, que está de prevenção desde a passada quinta-feira, com o objetivo de regularizar rapidamente os sinistros bem como identificar os Clientes que se encontrem em zonas de risco.”

Esta iniciativa de prevenção e reação do Grupo Ageas inclui ainda a disponibilização de uma carrinha de acidentes patrimoniais para agilizar eventuais deslocações ao terreno garantindo uma maior proximidade com os nossos clientes, assim como a mobilização de gestores de sinistros dedicados a estes processos. Através destes meios operacionais, a Ageas Seguros e a Ocidental “querem fazer parte da solução e assumir-se como um suporte essencial à comunidade”, faz questão de salientar José Gomes.

Tal como refere José Gomes, “os incêndios são devastadores para milhares de famílias todos os anos, pelo que o Grupo Ageas, nunca poderia estar alheio a essa realidade”. Como resultado desta preocupação, no intuito de preparar as populações a reduzir os riscos de incêndio e assim evitar o seu impacto, o Grupo segurador tem agora à disposição um guia completo de prevenção e proteção.

Guia Grupo Ageas Portugal – Prevenção e Proteção de Incêndios 

Edifício
1. Limpar os telhados, caleiras e algerozes de folhas secas, ervas mortas e outros detritos
inflamáveis;
2. Substituir ou reparar telhas soltas ou ausentes de forma a prevenir a penetração de
fagulhas;
3. Instalar proteções nas aberturas de passagem de ar e nos beirais de forma a evitar a
entrada de fagulhas;
4. Limpar os detritos dos alpendres e varandas de forma a reduzir ignições;
5. Reparar ou substituir vidros e janelas partidas;
6. Proteger as áreas sob os passadiços ou outras estruturas de forma a evitar a acumulação
de materiais combustíveis;
7. Afastar das paredes exteriores matérias combustíveis como lenha, folhas secas, plantas
e ervas mortas.

Zona Envolvente
1. Criar área pavimentada em volta do edifício com cerca de 2 m;
2. Manter área livre em volta do edifício com cerca de 10 m sem materiais facilmente
inflamáveis;
3. Limpar folhas secas, ervas e vegetação morta, canas, silvas ou sebes em volta do edifício;
4. Efetuar o desrame das árvores;
5. A distância entre copas é superior a 4 m;
6. A distância entre a copa e o edifício é superior a 5 m;
7. Acumulados de lenha, excedente da exploração agrícola e florestal e outras substâncias
combustíveis devem ficar a mais de 50 m de distância do edifício.

Para pedidos de ajuda por favor contactar:
• Ageas Seguros: 217 943 039
• Ocidental: 210 042 490
• Seguro Directo: 218 612 323




Achou o conteúdo deste press release útil?