Fundação Ageas planta 10.000 novas árvores no Pinhal de Leiria

Lisboa, 23 de novembro de 2020

A Fundação Ageas inicia hoje a plantação de mais de 10 mil árvores no Pinhal de Leiria, assinalando assim o Dia das Florestas Autóctones, que se comemora dia 23 de novembro, em parceria com a Quercus. A ação traduz o compromisso e a preocupação da Fundação Ageas para com a sociedade e com o ambiente.

De forma a garantir todas as condições de segurança, esta ação não irá contar com a presença de voluntários, mas permitirá contratar oito trabalhadores/as da região de Leiria, durante três dias. Célia Inácio, Presidente da Fundação Ageas, refere “Vivemos tempos difíceis e desafiantes. Tivemos de nos adaptar e de inovar na forma como atuamos nas comunidades que nos rodeiam, mas, ainda que sem voluntários, o Pinhal do Rei não pode ser esquecido. A sua replantação vai durar anos e muitas ações serão necessárias para devolver a beleza desta Mata Nacional. Este é um dos muitos compromissos da Fundação Ageas!”

A primeira ação, após os incêndios que destruíram mais de 80% dos 11.000 hectares do Pinhal do Rei, decorreu em março de 2018 e contou com 190 voluntários que plantaram 5.000 árvores, numa tarde. Em outubro do mesmo ano, a Fundação Ageas assinalou os seus 20 anos com uma segunda plantação, sob o mote “20 anos – 20 mil árvores”, onde 206 voluntários plantaram 20.000 árvores, durante um dia. Já no início deste ano foi atingido o marco de 30.000 árvores plantadas, com outra ação de voluntariado. Com esta ação, completaremos a plantação de 31 hectares e 40.000 árvores.

Todas estas intervenções estão inseridas no Plano de reflorestação do Pinhal do Rei, assegurado pelo parceiro Quercus e pelo ICNF - Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas.

O vídeo das últimas ações da Fundação Ageas no Pinhal de Leiria está disponível aqui.

 

Achou o conteúdo deste press release útil?