Diversidade e Inclusão na génese da estratégia do Grupo Ageas

21.09.2022

Lisboa, 22 de setembro de 2022

O Grupo Ageas Portugal é a primeira empresa no País a ter associações de cariz social a explorar espaços comuns dos seus edifícios – em Lisboa conta com o Café Joyeux, a CRESCER e a SEMEAR. É também o primeiro grupo segurador do mundo a utilizar o código ColorADD® – sistema de identificação de cores para daltónicos. A trabalhar para um futuro melhor, a insígnia definiu objetivos claros até 2024, e a Sustentabilidade – ambiental e social – é um dos pilares mais importantes da sua estratégia.

Denominado por IMPACT24, o plano está focado em cinco eixos estratégicos, onde está muito presente o foco em promover ações positivas que cativem as pessoas e amplifiquem o impacto do Grupo Ageas Portugal nas comunidades e no Planeta. A marca pretende ser pioneira na sustentabilidade e ser a voz precursora de mudanças positivas na sociedade, estando, por isso, a desenvolver ações e iniciativas alinhadas com o seu compromisso.

O tema da diversidade e inclusão tem suscitado um debate cada vez maior. O Grupo Ageas Portugal defende a importância do papel e da responsabilidade das empresas nesta área e apoia a diversidade como um dos fatores cruciais para o seu crescimento e desenvolvimento. Para isso, está a impulsionar a criação de condições que permitam a integração de uma política de inclusão que reflita a valorização de competências, que possibilitem o enriquecimento do ambiente das empresas através da diversidade de experiências. Este caminho é o que o Grupo Ageas Portugal decidiu fazer, sendo uma porta aberta através de uma política de inclusão, sustentabilidade e diversidade, que oferece a oportunidade a todos de concretizarem os seus sonhos.​

Estão assim disponíveis para todos os Colaboradores da empresa, o serviço de cafetaria do Café Joyeux, que emprega e forma jovens-adultos com Dificuldades Intelectuais e de Desenvolvimento; o serviço de restaurante do projeto “É um Restaurante”, da CRESCER, que integra pessoas em situação de vulnerabilidade social; e, ainda, uma horta comunitária, designada de “Plantar o amanhã”, assegurada pela SEMEAR, instituição que trabalha com pessoas com deficiência.

É importante para o Grupo continuar a incentivar a aceitação da diferença enquanto potencial, e da igualdade, como motor de promoção dos Direitos Humanos, sem que ninguém fique para trás. O Grupo Ageas Portugal tem estado a atuar neste sentido e espelho disso foi o debate que promoveu ontem, quarta-feira, com as instituições que acolhe no seu edifício, sob o mote “Por um Mundo sem Rótulos”.

O discurso de abertura foi realizado pela Secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência, Ana Sofia Antunes, que defendeu o combate à exclusão social, através de uma estratégia concertada entre organismos públicos e privados. Com a moderação de Catarina Furtado, a conferência pretendeu impulsionar o diálogo para reforçar a integração de pessoas em risco de pobreza ou com doenças cognitivas.

Para reforçar a importância do Grupo Ageas Portugal ao incluir este tipo de instituições no dia-a-dia de todos os Colaboradores, existiu ainda uma festa de celebração da diversidade e inclusão no Rooftop do edifício, com diversas iniciativas do Café Joyeux, da CRESCER, da SEMEAR, e da ColorADD®, e ainda com transmissão em direto de uma edição especial do Programa Café da Manhã da RFM e com presença de avós como promotoras do evento.

Existe, ainda, um grande caminho a ser percorrido para ser possível dar resposta a este desafio, no entanto o Grupo Ageas Portugal quer ser um exemplo para outras empresas, na construção de um mundo mais diverso e inclusivo.

Achou o conteúdo deste press release útil?