Cárin Geada vence 3ª edição do Prémio Revelação

12.10.2022

Lisboa, 12 de outubro de 2022

O anúncio foi feito numa cerimónia que decorreu hoje, às 19h, na Sala Garrett, e que contou com a presença do Ministro da Cultura, Pedro Adão e Silva

A designer de luz Cárin Geada é a vencedora da 3ª edição do Prémio Revelação Ageas Teatro Nacional D. Maria II, um galardão de caráter anual que pretende reconhecer e promover os talentos emergentes no panorama teatral, motivando jovens a desenvolverem o seu percurso profissional neste setor.

Eleita por um júri composto por dezasseis profissionais que representam diversas áreas associadas ao meio artístico e cultural português, Cárin Geada junta-se assim a Sara Barros Leitão e Mário Coelho, profissionais que venceram as anteriores edições do Prémio, em 2020 e 2021, respetivamente.

Designer de luz e diretora técnica, Cárin Geada nasceu em Lamego, em 1991. Formou-se em luz e som pela Academia Contemporânea do Espetáculo e em produção e cenografia pela ESMAE, no Porto. Enquanto designer de luz, soma dezenas de colaborações, tanto com artistas emergentes, como com nomes já estabelecidos do teatro e da dança, como Cláudia Gaiolas, Cristina Carvalhal, Gonçalo Amorim, Leonor Keil, Paula Diogo ou Tiago Rodrigues. Trabalhou ainda na direção técnica de importantes festivais de teatro em Portugal, como o Alkantara Festival, o Interferências e o FITEI - Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica.

Olhando para o teatro como uma fusão entre conhecimentos técnicos e sensibilidade artística, Cárin Geada desenvolve um trabalho que se materializa nas diferentes matizes, ambientes e tonalidades com que são pintadas, através da luz, as várias cenas de um espetáculo.

“É com alguma surpresa que recebo este Prémio, pois o reconhecimento das áreas plásticas, nomeadamente do desenho de luz, não é nada habitual. O desenho de luz cumpre uma função maior do que simplesmente dar visibilidade ao que se passa em palco, ele é uma parte integrante da dramaturgia e da conceção criativa de um espetáculo, assim como todas as restantes áreas. Apesar de este ser um prémio pessoal, sinto e espero que possa ajudar a que estas áreas tenham mais reconhecimento”, menciona Cárin Geada, vencedora da 3ª edição do Prémio Revelação Ageas Teatro Nacional D. Maria II.

“Celebrar o talento e a criatividade é o que fazemos todos os dias no teatro, mas esta é uma ocasião de especial relevo. Estamos muito felizes por entregar, pelo terceiro ano consecutivo, o Prémio Revelação Ageas Teatro Nacional D. Maria II e damos os parabéns à vencedora, Cárin Geada. Criámos este galardão com o Grupo Ageas Portugal e pretendemos que contribua, de forma consistente e regular, para a valorização do trabalho de jovens criadores e para a divulgação do teatro que se faz em Portugal pelas novas gerações.”, refere Rui Catarino, Presidente do Conselho de Administração do Teatro Nacional D. Maria II.

“É com muita satisfação que celebramos mais uma edição do Prémio Revelação Ageas Teatro Nacional D. Maria II. Este galardão, criado no âmbito de uma parceria mais ampla, destacou uma profissional que é normalmente pouco visível aos olhos do público. Dos atores, encenadores, aos profissionais da iluminação, guarda-roupa, e outros, todos são fundamentais no teatro. Estamos muito felizes por fazer parte desta iniciativa, que premeia jovens talentos emergentes e que ajuda a dar mais visibilidade ao seu trabalho”, menciona Teresa Thöbe, Responsável de Comunicação Externa e Marca do Grupo Ageas Portugal.

O Prémio Revelação Ageas Teatro Nacional D. Maria II tem um valor pecuniário de 5.000€ e é atribuído anualmente a uma/um profissional de teatro, que tenha até 30 anos de idade, e cujo trabalho artístico se tenha destacado no ano anterior à atribuição do Prémio.

O júri do Prémio Revelação Ageas Teatro Nacional D. Maria II 2021, responsável pela eleição de Cárin Geada, foi constituído por Albano Jerónimo, Álvaro Correia, António Durães, Catarina Barros, Cristina Carvalhal, Cucha Carvalheiro, Isabél Zuaa, John Romão, José António Tenente, Mário Coelho, Marta Carreiras, Mónica Garnel, Rui Horta, Rui Pina Coelho, Sara Barros Leitão e Tónan Quito.

Na avaliação das pessoas selecionadas para o Prémio Revelação Ageas Teatro Nacional D. Maria II, são tidos em conta os seguintes critérios:

  • Qualidade da prestação artística no ano a que se refere o prémio.
  • Contributo da prestação artística para o desenvolvimento e fortalecimento da área teatral.
  • Capacidade de crescimento e valorização da sua carreira, nacional e internacionalmente.
  • Introdução de elementos de inovação ou diferenciação na sua prática profissional.

O Prémio Revelação Ageas Teatro Nacional D. Maria II resulta de uma parceria entre o Teatro Nacional D. Maria II e o Grupo Ageas Portugal e é agora atribuído pelo terceiro ano consecutivo. De carácter anual, este Prémio pretende ser um incentivo ao desenvolvimento do trabalho artístico de jovens criadores, no âmbito teatral.

Achou o conteúdo deste press release útil?